COMUNIDADE DA ASCENSÃO

Rua Bento Gonçalves, 2394
Centro, 93.510-000,
Novo Hamburgo/RS
Telefone: 3582-4399 / 9166-6623
Plantão Pastoral: 9218-6696
E-Mail: ascensao@ascensao.org.br

Menu
julho 2017
S T Q Q S S D
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
 
  • 78713Total de visitas:
  • 72(média) de visitas por dia:
500º Aniversário
figuras_611
Faltam 0 anos, 102 dias
para os 500 anos da Reforma.
Tema do Ano 2013
Restauração Frontal
Rádio Online
Ouça a Rádio União FM de Novo Hamburgo/RS
Ouça com o Windows Media player
Ouça com o Winamp
Ouça a Radio União enquanto navega
Tema da IECLB 2013
Culto Infantil
Durante os culto de domingo há Culto Infantil, das 09h30 às 10h30. Nossa equipe está preparada à espera de seus filhos/as ou netos/as. Traga-os para que façam parte deste Projeto Comunitário. Aqui, eles serão imersos em valores cristãos, diretamente retirados das Sagradas Escrituras, através de histórias bíblicas narradas, dinâmicas de grupo, momento da arte, orações e canções evangélicas. Se você gosta de crianças, venha ser uma coordenadora. Nosso grupo conta com oito pessoas e ficaremos felizes de ter você conosco.
Arquivo Mensal dos Eventos Comunitários

Sepultamento

“O dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus.”
(Rm 6.23b)

Ainda que não faça parte do propósito salvífico de Deus, a morte faz parte da vida como a vivemos na nossa presente condição. Assim, a comunidade que festeja nascimento, batismo, confirmação não pode estar ausente quando a vida chega ao fim. O sepultamento é um ato comunitário. A comunidade toda é desafiada a cuidar dos adoentados e moribundos, enterrar com dignidade os mortos e consolar os enlutados.

Nós luteranos cremos que em nada podemos influenciar a sorte das pessoas falecidas, pois Deus é “soberano em seu juízo e sua graça”. O rito de sepultamento, portanto, procura trazer conforto aos enlutados, apontando para a ressurreição como base da esperança, agradecer pela vida da pessoa falecida e recomendá-la à graça divina.

No primeiro culto após o sepultamento – ou num culto combinado com a família – tem lugar a oração memorial. Nessa oportunidade, a comunidade é mais uma vez envolvida e animada a confortar a acompanhar a família enlutada. No culto o/a celebrante faz a memória do/a falecido/a e novamente traz à lembrança dos enlutadas e da comunidade a promessa de Deus e a esperança que anima os que crêem. Segue-se uma oração que agradece pela dádiva da vida, lembra a todos que confiamos a/o irmã/o à graça de Deus e intercede pelos que sofrem com a perda.

A forma tradicional do sepultamento é o enterro, pois se entende, a partir de Gn 3.19, ser uma forma de devolver à terra o que da terra foi formado. Entremente, vem se tornando uma prática a cremação. Também é uma forma de devolução à terra. Os luteranos entendem que essa prática não contradiz os princípios cristãos.

Por entender que todos estamos sob o juízo e a graça de Deus, os/as pastores/as e o presbitério examinarão os pedidos de sepultamento eclesiástico de suicidas, natimortos, crianças não batizadas e não-membros. Só será negada a realização do sepultamento eclesiásticos em circunstâncias que contrariem ou venham em perejuízo da mensagem cristã.

Fonte: http://www.luteranos.com.br/articles/7926/1/Sepultamentos/1.html